Entenda tudo sobre como agem as bactérias para fossas sépticas

Fossatrat
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook

As bactérias para fossas sépticas são as verdadeiras protagonistas desse sistema de tratamento biológico sustentável, sendo responsáveis pela digestão e limpeza das águas dos esgotos domésticos, de condomínios, restaurantes e muito mais.

Por mais que um sistema séptico também seja composto por fungos, algas, protozoários etc, as bactérias são os microrganismos que estão presentes em maior quantidade nesse tipo de ambiente. E é isso que lhes atribui o papel de destaque!

Diante da sua importância, no post dessa semana você fica por dentro de tudo sobre esses microorganismos benéficos e como eles agem na degradação dos resíduos sólidos nos sistemas de esgoto doméstico.

Acompanhe a leitura e saiba como as fossas sépticas funcionam e como fazer a sua correta manutenção a partir da atuação das bactérias e de biorremediadores.

 

Como funciona uma fossa séptica? – tudo o que você precisa saber

bactéria para fossa como não destruir essa aliada

Hoje em dia, uma fossa séptica é um sistema eficaz de tratamento de esgoto em pequena escala para casas e, principalmente, estabelecimentos comerciais. Ela é comum em áreas que não têm conexão com os encanamentos principais de esgoto fornecidos por governos locais ou empresas privadas.

No entanto, você sabe como as fossas sépticas funcionam? São 3 processos básicos que a Fossa Trat explica para você. Veja só:

1. Decantação

A partir do momento que os dejetos chegam na fossa séptica, tem início um processo físico chamado de decantação. Trata-se de um procedimento que utiliza uma propriedade dos materiais – a densidade – para separá-los.
Os materiais mais densos, ou seja, os resíduos biológicos, ficam por baixo, enquanto a água, mais leve, fica por cima. Esse processo é natural e ocorre de forma automática dentro do sistema.

2.Fermentação

É nessa etapa que entram em ação os microorganismos decompositores. Eles decompõem a matéria orgânica, transformando os materiais biológicos em uma mistura de gases e compostos menos poluentes.

Dentro desse sistema, a fermentação é a parte principal, pois é a responsável pelo processo que faz da fossa séptica uma alternativa sustentável e não-agressiva ao meio-ambiente e às pessoas.

3. Filtração e descarte

Uma vez finalizado o processo de fermentação, a água livre de efluentes sólidos passa por um processo de filtração: ao ser eliminada do sistema, ela é encaminhada por um sistema de filtros feito de pedras e cascalho que retém detritos e outros microorganismos presentes na mistura.

Em alguns modelos de fossa séptica, a água filtrada é depositada em um reservatório chamado sumidouro, onde pode sofrer processos de purificação para tornar-se potável e ser reutilizada ou devolvida ao meio ambiente de forma segura e ecológica.

Lembre-se: É importante nunca instalar fossas sépticas perto de poços artesianos e lençóis freáticos, além de tomar-se todos os cuidados necessários de instalação. Assim, contribuímos ainda mais para a preservação dos ecossistemas!

Enfim, as bactérias: solução segura e sustentável

Agora que você já sabe tudo sobre o sistema das fossas sépticas, é hora de entender como funcionam os microorganismos dentro desse ambiente. Afinal de contas, eles são os protagonistas de todo o processo.

Veja quais são os tipos de bactérias, como elas agem e em quais produtos é possível encontrar esses agentes benignos da causa ecológica! Confira:

Quais os tipos de bactérias para fossas sépticas?

No interior de uma fossa séptica há trilhões de bactérias que desempenham a função de limpeza das águas. Entre os diferentes tipos de bactérias existentes, duas estão mais presentes em um sistema séptico: as aeróbicas e anaeróbicas.

1. As bactérias aeróbicas sãos as que utilizam oxigênio para sobreviver. Eles são mais eficientes em decompor e utilizar o lixo orgânico como fonte de alimento, porém, se mostram menos resistentes a mudanças no meio ambiente.

2. Por outro lado, as bactérias anaeróbicas operam em lugares em que há pouco ou nenhum oxigênio, superando com mais facilidade alterações no ambiente, entretanto, são menos eficientes em decompor os resíduos.

Os resíduos sólidos dos esgotos domésticos são digeridos pelas bactérias anaeróbias e transformados em gases e líquidos durante o processo de fermentação. A ação bacteriana natural decompõe os resíduos naturais e os transforma em produtos biossustentáveis.

Como funciona o processo das bactérias dentro do sistema?

como as bactérias podem ajudar no bom funcionamento da fossa

A principal ação das bactérias dentro das fossas sépticas é degradar os materiais orgânicos e inorgânicos presentes nas águas residuais do esgoto doméstico. Essas águas vêm do encanamento e caem no reservatório para serem fermentadas.

No processo de fermentação, gases naturais como o metano, sulfeto de hidrogênio e dióxido de enxofre são produzidos, bem como um lodo de moléculas orgânicas pesadas. Esse lodo é decomposto quando entra em contato com o ar, já nas estações de tratamento ou aterros sanitários.

Onde encontro esses microorganismos?

Como sabemos, as bactérias estão presentes naturalmente em todos os ambientes. Porém, para as situações que envolvem fossas sépticas e efluentes domésticos e comerciais, tem sido comum o uso de biorremediadores para o tratamento de efluentes.

Esse tipo de produto é composto pelas bactérias que metabolizam, imobilizam ou absorvem gorduras, proteínas e açúcares de encanamentos, caixas de gordura e, também, de fossas sépticas.

biorremediadores um asolução a base da bactéria para fossa séptica

Por não conter substâncias ácidas, os biorremediadores são inofensivos ao homem, aos animais e também ao meio ambiente. Além disso, eles ajudam a melhorar a eficiência da fossa séptica, a reduzir a carga orgânica nos efluentes e, também, o problema do mau cheiro.

Dentre os produtos biorremediadores disponíveis no mercado, o Fossa Trat ganha destaque pela eficácia, sustentabilidade e por ser totalmente seguro e inofensivo aos humanos, aos animais e ao meio ambiente!

Quer saber mais sobre o Fossa Trat? Já falamos mais desse produto inovador aqui no blog! Acompanhe as postagens e fique por dentro de todas as novidades! Até a próxima!

Fossa Trat solução bio sustentável

Equipe Fossa Trat, especialistas em soluções Bio-Sustentáveis e em como acabar com seus problemas de entupimento e mau cheiro!

Este post tem 10 comentários

  1. Elisete Maria da Silva

    Boa tarde! Tenho fossa em minha casa, ela esta enchendo rápido e dando mau cheiro. Gostaria de um orçamento das bactéria e entrega seria no cep 27600-000.

    Desde já agradeço.

  2. Clelia

    Boa tarde tenho dúvidas e no primeiro contato não ficou claro, não tenho rede de esgoto onde moro sendo assim estou com problema no sumidouro que deve estar com acúmulo de gordura e não gostaria de fazer outro, o produto de vcs resolveria este problema, aguardo retorno.obrigada

    1. Fossatrat

      Olá Clelia, tudo bom? O Fossa Trat é um preventivo de entupimentos e mau cheiro, por isso, recomendação que seja feita uma limpeza no ambiente antes da aplicação. Ele não irá desentupir, mas sim, evitar que acumule dejetos orgânicos que causam entupimentos.

  3. Gilberto Ferraz

    Bom dia. Não entendi direito sobre a transformação do lodo da fossa. Esse lodo vai se transformar em gases? A parte liquida vai ser absorvida pelo solo? é isso? Como sei a quantidade de Fossatrat para utilização na fossa da minha residência?

    1. Fossatrat

      Nas fossas normais, o lodo não é filtrado e tudo vai para a estação de tratamento de esgoto. Na fossa séptica, no entanto, o lodo é filtrado e a água vai para o sumidouro, para ser tratada. Esse lodo que fica pode ser descartado (mas como esse processo pode demorar, ele continuará sendo digerido aos poucos, e isso pode gerar gases).

      A dosagem e modo de uso é baseada em uma média de carga orgânica e volume que entra em casas, prédios e restaurantes, cada um tem sua média. A aplicação do Fossatrat é baseada nessa média e a quantidade dependerá de cada ocasião, na embalagem vai o modo de uso e um scoop para medir a quantidade aplicada.
      Veja mais detalhes de como aplicar o Fossatrat através do link
      https://loja.fossatrat.com.br/como-usar-fossa-trat

  4. Flavia Terumi Nishimura

    O fossatrat serve para fossa comum (não fossa séptica)?

    1. Fossatrat

      Serve sim 🙂

  5. elenice

    o fossa trata pode ser colocado no ralo da pia, porque não consigo desentupir, aguardo

    1. Fossatrat

      Pode sim. O Fossa Trat é um preventivo de entupimentos. Recomendamos que seja feita a desobstrução do local antes de aplicar.

Deixe uma resposta