Como desentupir caixa de gordura? Tudo que você precisa saber

Fossatrat
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no google
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no facebook

A caixa de gordura é um recurso essencial para manter o funcionamento do sistema hidráulico fluído. Em cozinhas comerciais, como as de restaurante, as caixas de gordura são responsáveis por evitar entupimentos nas tubulações, e em apartamentos e casas, elas são igualmente fundamentais.

Toda a gordura inserida na pia da cozinha vai direto para a caixa de gordura, que são pré-fabricadas e podem mudar de tamanho. Nos espaços comerciais, a manutenção é bem frequente, uma vez que a demanda de uso é muito maior do que em uma residência familiar.

Normalmente elas são feitas de PVC e dentro possuem um sifão responsável por reter toda a gordura dentro do recipiente. Sem manutenção e com o decorrer do tempo, é comum que as caixas de gordura tenham problemas e que o entupimento comprometa toda a tubulação.

A tubulação entupida prejudica todo o sistema e funcionamento da casa, por isso, preparamos este post com dicas práticas de qual produto usar para limpar caixa de gordura e o passo a passo completo. Vem com a gente!

Como a caixa de gordura funciona?

A caixa de gordura possui um sifão responsável por reter toda a gordura dentro do recipiente. Esse é um item precioso, pois é ele que impede os dejetos jogados na pia de se misturarem com a tubulação. O equipamento é dividido por duas câmaras, uma de entrada e outra de saída, a caixa é separada por um septo não removível.

Apesar de ser própria para a sua função, a caixa de gordura não está livre da manutenção. Em restaurantes, o fluxo é intenso e a caixa de gordura precisa trabalhar muito mais do que em um apartamento com apenas dois moradores, por exemplo. Ainda assim, ambos precisam de reparos regularmente.

Símbolo de biotecnologia mesclando plantas e equipamentos de ciência em uma arte gráfica

 

Em algumas cidades, há até uma lei vigente que exige a manutenção, como em Curitiba. A lei 13.634/2010 prescreve que as caixas de gordura devem receber limpezas periódicas e muitas outras especificações. Se você vai abrir um empreendimento gastronômico não deixe de conferir as regulamentações e as normas da vigilância sanitária para restaurantes.

Essas orientações não são apenas burocráticas. Ter a caixa de gordura entupida é um prejuízo para um restaurante, uma vez que o uso da pia precisará ser interditado por um tempo. Além disso, a credibilidade do negócio não pode ser colocada à prova, as medidas higiênico-sanitárias devem estar em dia, livrando o estabelecimento de qualquer risco.

Ainda, esse equipamento é um recipiente vedado, ele retém a gordura por meio de flotação, separando o óleo da água, assim, a gordura permanece na caixa e a água é transportada para o esgoto.

Para saber mais sobre como elas funcionam, confira nosso conteúdo completo sobre o que é e por que usar caixa de gordura!

A importância de limpar a caixa de gordura

Muitas pessoas sequer se lembram da caixa de gordura, mas, especialmente em restaurantes, esse equipamento não pode passar despercebido. Se há gorduras, óleos e graxas armazenadas na caixa cair na rede coletora, toda a eficiência das estações de tratamento de esgoto é comprometida.

Foto de uma caixa de gordura aberta em construção no chão

Além disso, as gorduras se solidificam, com esses formatos mais densos elas podem obstruir todo o encanamento e a tubulação do estabelecimento e da rede coletora, a manutenção da caixa de gordura é tão importante que pode levar até à interdição do estabelecimento.

Ratos, baratas, contaminação de alimentos e até mesmo o retorno do esgoto são algumas das consequências da negligência com a limpeza da caixa de gordura.

Mas lembre que nem sempre as pragas e insetos são decorrência da caixa de gordura sem manutenção. Você pode entender tudo sobre o controle de pragas aqui no nosso blog.

Criamos uma lista com uma série de problemas que você evita ao utilizando os produtos adequados para limpar a sua caixa de gordura, veja como é importante:

  • Mau cheiro na cozinha;
  • Entupimento das tubulações;
  • Interdição do estabelecimento;
  • Insatisfação e perda de clientes;
  • Danos sérios ao meio ambiente;
  • Transbordamento da gordura pela tampa;
  • Escoamento lento da água pelo ralo da pia;
  • Condições insalubres de trabalho aos funcionários;
  • Proliferação de insetos e pragas no estabelecimento.

Como saber se a caixa de gordura está entupida?

Identificar quando uma caixa de gordura está entupida não é uma tarefa complexa, existem alguns sinais claros de que isso está acontecendo no seu imóvel. Separamos os principais sinais para você ficar atento:

  • Mau cheiro vindo do ralo;
  • Fluxo de água diminuído;
  • Resíduos transbordando pela caixa de gordura;
  • Resíduos voltando na tubulação e saindo pela pia.

Esses são 4 sinais claros de que a sua caixa de gordura precisa de manutenção! Não espere chegar nesse nível para tomar providências: no próximo tópico, você aprenderá quando realizar a limpeza da caixa de gorduras para prevenir o entupimento!

Quando limpar a caixa de gordura?

Para identificar quando a caixa de gordura deve ser limpa, é preciso estar atento aos sinais citados acima, no entanto, se os sinais já estão evidentes, significa que a caixa de gordura já transpassou o seu limite. O ideal é não deixar chegar a um ponto crítico e trazer soluções antes mesmos dos sinais.

Mulher cansada após limpar a caixa de gordura

Sendo assim, ficar de olho na caixa de gordura e em quantos dejetos há lá dentro é fundamental se você deseja preservar o seu imovel de danos mais sérios. Sabemos que com a correria do dia a dia, inserir a rotina de ficar de olho na caixa de gordura não é uma tarefa muito factível.

Existem alguns períodos pré-estabelecidos como base, confira quais são:

  • Apartamentos: 3 em 3 meses;
  • Residências comuns: 6 em 6 meses;
  • Restaurantes, bares, albergues: 1 em 1 mês.

Percebe-se que em restaurantes, bares e albergues de pequeno porte é preciso regularmente conferir a caixa de gordura. Como nos apartamentos as caixas são menores, o espaço entre uma verificação e outra é menor do que em casas.

Confira agora mesmo se a sua caixa de gorduras precisa de limpeza, no próximo tópico abordaremos o passo a passo e quais produtos utilizar!

7 passos para desentupir a caixa de gordura e produtos para utilizar!

Em restaurantes de pequeno porte que não utilizam muitas técnicas de fritura, a limpeza pode ser feita mensalmente, enquanto isso, restaurantes que possuem no cardápio uma boa quantidade de alimentos fritos precisam ter a sua caixa averiguada semanalmente.

Balde de limpeza com produtos dentro e um esfregão ao lado

Nesse tópico, criamos um passo a passo com dicas práticas de como higienizar as caixas de gordura, acompanhe!

1. Vista equipamentos de proteção

Roupas mais velhas, luvas de borracha que cubram até o cotovelo e botas de borracha são essenciais para o procedimento. Não entre em contato com os dejetos da caixa de gordura sem a proteção adequada. Se houver o mau cheiro, use uma máscara de proteção também, assim, a tarefa não fica tão desagradável.

2. Abra o recipiente e remova a gordura

Conte com a ajuda de espátulas para a remoção da gordura – ao abrir a caixa, você encontrará blocos de gordura grudados nas paredes do equipamento. Se o material do equipamento for de alvenaria, a remoção pode ser um pouco mais difícil, então, utilize a espátula até que toda a gordura se desgrude das paredes.

3. Deposite em um local adequado

Sacolas plásticas são frágeis, depois a gordura em sacos de lixo ou, de preferência, em potes metálicos ou de vidro.

4. Limpe todo o dispositivo

Ao fim da remoção da gordura, é importante lembrar que a limpeza da caixa de gordura deve incluir os equipamentos e as tampas laterais. Para isso, serão necessários alguns produtos. Opte por sabão e água em temperatura ambiente e escovas para esfregar.

Evite soluções de bicarbonato ou soda cáustica, esses produtos podem deteriorar as tubulações e causar danos ainda maiores que o entupimento!

5. Feche a caixa de gordura

Reinstale as peças retiradas do equipamento, certifique-se de que tudo está em seu devido lugar e confira se a tampa está bem vedada. Recolocar as peças corretamente é fundamental para que a caixa de gordura continue cumprindo o seu papel.

6. Descarte os resíduos em local apropriado

Muitas pessoas acabam descartando os resíduos removidos da caixa de gordura em vasos sanitários ou em redes de esgoto. Terrenos baldios e bueiros são outros locais escolhidos erroneamente para depositar os dejetos retirados da caixa de gordura.

Essas práticas são nocivas ao meio ambiente e geram multas. Além de desperdiçar todo o trabalho que acabou de ser feito!

Descarte esses resíduos em coletas convencionais de resíduos sólidos. Encontre na sua cidade um local destinado e apropriado para receber esse tipo de produto.

7. Anote a data da limpeza

Lembre-se de deixar anotado em um local de fácil acesso quando foi a última limpeza, dessa forma, ficará muito mais fácil saber quando deve ser a próxima ação. Com essa prática, dificilmente você terá problemas com entupimento em seu estabelecimento.

No caso de caixas de gorduras com entupimentos críticos, a ajuda de um profissional é essencial. Profissionais capacitados irão remover toda a gordura da caixa e do cano de entrada e saída de maneira acertada, sem comprometer a tubulação.

Produtos biológicos para limpeza da caixa de gordura: entenda o que são!

Produtos biológicos são bactérias não patogênicas, isso é, que não causam nenhum tipo de doença. Essas soluções especializadas são excelentes para esse propósito, pois as bactérias em questão se alimentam de diversos dejetos, a gordura e as partículas de alimento são alguns exemplos.

Com a aplicação dos biodigestores, é possível perceber uma diminuição significativa da gordura e do mau cheiro dos ralos.

Normalmente, esses produtos vêm com o manual de aplicações, costumam ser muito práticos, mas vale lembrar que essa solução é de prevenção. Ou seja, devem ser aplicados em casos que antecedem os estados críticos de entupimento.

Entenda como agem as bactérias sépticas e fique por dentro dos benefícios!

Como evitar que o entupimento seja recorrente?

Agora que você sabe como desentupir caixa de gordura e quais os melhores meios de executar essa ação, é importante ter em mente que a limpeza deve ser frequente se quiser evitar entupimentos constantes que só prejudicam o rendimento do seu negócio.

Há algumas boas práticas para reduzir o risco de entupimentos regulares nas caixas de gordura, tais como:

  • Não derramar óleo de cozinha na pia;
  • Não descartar restos de comida na pia da cozinha;
  • Evitar deixar a água correr para descongelar alimentos na pia;
  • Remover alimentos sólidos dos pratos antes de realizar a lavagem.

Realizar o tratamento biológico com produtos biológicos, por meio do método de bioaumentação, é uma ação estratégica para evitar o problema recorrente do entupimento nas caixas de gordura. Essa é uma solução segura e natural muito eficaz tanto para o seu imóvel quanto para o meio ambiente.

Viu só como limpar e desentupir a caixa de gordura são medidas simples? Basta seguir o passo a passo que a Fossa Trat preparou neste artigo e tomar todas as medidas de prevenção que o seu estabelecimento ficará livre de transtornos!

Conte para a gente nos comentários, se você já conhecia o tratamento biológico como método preventivo e acompanhe o blog para mais dicas relacionadas a encanamento, tubulações, ralos e higienização de fossas!

Até a próxima!

Fossa Trat solução bio sustentável

Equipe Fossa Trat, especialistas em soluções Bio-Sustentáveis e em como acabar com seus problemas de entupimento e mau cheiro!

Deixe uma resposta