6 problemas comuns ao desentupir rede de esgoto e como evitá-los

6 problemas comuns ao desentupir rede de esgoto e como evitá-los

O sistema de esgoto é um componente de grande importância da estrutura de seu negócio. Ele ajuda a garantir o bem-estar de seus clientes e funcionários e a viabilizar a operação de sua empresa. Por isso, desentupir rede de esgoto é uma ação fundamental.

Descartar objetos sólidos, alimentos e óleo está entre os maiores causadores de problemas hidráulicos. Pode parecer uma ação de pequena proporção, mas, na verdade, ela apresenta grande potencial nocivo para seu encanamento, podendo levar a situações como obstruções constantes, mau cheiro e atração de baratas e ratos. E tudo isso pode comprometer a satisfação e a fidelização de seu cliente, a lucratividade do negócio e, em última instância, levar ao seu fechamento.

Por isso, é importante saber como desentupir rede de esgoto e manter pias, ralos, sanitários, caixas de gordura e fossas sépticas sempre em bom funcionamento. Para isso, confira nossas dicas a seguir.

Alguns dos principais problemas que ocorrem ao desentupir rede de esgoto

Conheça agora alguns exemplos de ações que podem agravar o entupimento, gerar prejuízos e mesmo a interrupção do funcionamento de seu estabelecimento.

1. Demorar demais para desentupir rede de esgoto

Não agir preventivamente ou perceber sinais de que há algo de errado com o esgoto, mas não tomar uma atitude, pode agravar ainda mais o problema.

Ao identificar que há barulhos nos ralos (semelhantes a borbulhas), escoamento lento e mau cheiro não se deve protelar a decisão de desentupir rede de esgoto com urgência.

2. Aplicar produtos químicos que possam oferecer riscos

Na ânsia de resolver rapidamente o problema, não é incomum recorrer-se a soluções que prometem ser eficientes, porém sem avaliar com cuidado os riscos envolvidos. Um dos produtos utilizados para tentar desentupir rede de esgoto é a soda cáustica.

Esse químico, se manipulado incorretamente, apresenta riscos de acidentes pessoais e ao patrimônio da empresa por ser altamente corrosivo. Ao invés dele, é mais seguro utilizar soluções mais seguras, como o bicarbonato de sódio, por exemplo.

3.  Utilizar sem o devido cuidado arame para desentupir rede de esgoto

O fio de arame pode ajudar na hora de “pescar” determinados dejetos mais evidentes de ralos e outros equipamentos. No entanto, é preciso cuidado para não causar avarias. O indicado é não utilizar fio com comprimento maior do que um metro – sobretudo após as curvas da tubulação, ele poderá causar ranhuras ou perfurações.

Para utilizá-lo, o aconselhado é utilizar um fio de menor extensão e manuseá-lo com muito cuidado, inserindo-o com delicadeza na tubulação e retirando os objetos que ele fisgar.

4. Inserir nos canos objetos com alto potencial de dano

Introduzir cabos de vassoura ou outros objetos rígidos nos canos pode levar a grandes prejuízos para seu estabelecimento. Os equipamentos hidráulicos são desenvolvidos para serem resistentes ao uso contínuo, no entanto, não têm a mesma garantia para a ação humana. Portanto, forçá-los ou bater neles, a fim de tentar desentupir rede de esgoto, pode quebrá-los e paralisar a operação de sua empresa.

5. Desmontar o sifão da pia

Ao tentar outras ações e não obter sucesso, algumas pessoas recorrem a iniciativas mais drásticas, como desmontar o sifão da pia. No entanto, esse tipo de tarefa só deve ser executado por profissionais, os riscos de acabar comprometendo todo o encanamento da pia por um erro é muito grande.

6. Em casos graves, não contratar uma empresa especializada

Para limpezas de manutenção ou desentupimentos de obstruções simples, soluções caseiras podem ajudar a lidar com o problema. Porém, há situações mais complexas ou graves que somente uma empresa especializada conseguirá resolver.

Lembre-se: tentar agir sozinho, sem ter o conhecimento técnico necessário, pode gerar um grande prejuízo e, ainda, comprometer o funcionamento de seu estabelecimento.

Dicas para evitar entupimentos frequentes

A primeira dica, naturalmente, é não jogar dejetos nas tubulações de esgoto. O óleo usado em seu negócio deve ser descartado adequadamente, não devendo ser jogado no lixo comum ou no ralo da pia. Isso porque, além desse elemento enrijecer e causar entupimento, ele também polui a água – conforme dados, um litro de óleo pode contaminar 1 milhão de litros de água.

Ainda, colocar protetores nos ralos das pias e utilizar biorremediadores também são boas práticas. Esses são produtos biológicos, naturais e seguros para prevenir entupimento de pia, ralo, caixa de gordura, sanitário, fossa séptica e tubulações diversas.

E então, ficou mais claro para você o que evitar na hora de desentupir rede de esgoto? Ficou com alguma dúvida em relação aos biorremediadores? Deixe sua mensagem nos comentários.

[elementor-template id=”1572″]

Deixe uma resposta